show

Sou a Suzete Sequeira, criativa, autodidata e curiosa.
A Canela Cheia surgiu pela minha necessidade de utilizar o artesanato para exteriorizar a minha criatividade e como forma de me expressar.
Para mim a costura, o patchwork em particular, tem tudo a ver com as voltas que a vida dá e com os mecanismos que usamos para superar os desafios.
Quando costuro – Crio.
Aprendi técnicas de patchwork e de costura para aperfeiçoar o meu trabalho.
Com a experiência percebi a importância que o "desperdício" tinha no meu trabalho – não havia desperdício – sempre encontrei forma de lhe dar uso.
Cada pedaço de linha, cada tira de tecido tem aplicação e nova vida útil.
Os sacos "Sempre Comigo" já têm 8 anos de existência, e são exemplo desse aproveitamento.
O mundo mudou e aos poucos surgiram peças como as decorações de natal; as pregadeiras "Voa";
guardanapos de pano; os discos desmaquilhantes, os filtros de café, os coadores de leite vegetal e os absorventes higiénicos reutilizáveis.
Evito utilizar materiais de origem animal e quando o faço é dentro do contexto lixo zero, por exemplo, lãs.
A Canela Cheia tem como base um conceito de sustentabilidade com uma utilização racional
de matérias primas e de consumos de energia.